4 de maio de 2008

Tutorial 1 - Como draftar

No nosso draft, nenhum dos dois deve ser número 1


A primeira coisa que você vai fazer no seu time de fantasy é o draft. Na nossa liga será um draft de 13 rodadas em que você escolherá todo o seu elenco, menos os novatos, que serão escolhidos em outro draft.

Quero deixar claro que essa é a primeira coisa que você vai fazer na liga e talvez a mais importante, porque escolher um cara ruim vai fazer você se arrepender por anos e escolher um cara bom vai fazer você se sentir o bonzão por anos. Volto a repetir que essa é a única vez que esse draft será realizado, a partir da outra temporada vocês continuarão com o mesmo time, o time não se desfaz ao fim da temporada.

1. A idade

Isso nos leva à primeira coisa que você deve pensar ao fazer seu draft, a idade dos jogadores. Idade não é só "ele tem 30, ele tem 29 então vou pegar o de 29", vai muito além disso. O Tim Duncan já passou dos 30 mas talvez seja uma escolha mais segura que o David West, afinal você quer ter um cara bom por 10 anos ou um espetacular por 5? Mas isso vai do seu gosto e análise também, você pode achar que o David West vai sim ser um jogador espetacular daqui uns anos. Então a idade é relativa mas importante, você pode montar um time baseado em jogadores novos, cheios de potencial para tomar conta da NBA daqui uns anos, ou pode tentar pegar caras já consagrados e vencer agora, é você quem define sua estratégia.

Jogadores que estão perto da aposentadoria, como Grant Hill, Shaq ou Finley, perdem um pouco de valor em ligas "keeper", mas às vezes são deixados tão de lado que sobram lá nas últimas rodadas e podem ser boas escolhas para surpreender e fazer a diferença.

Preste atenção na idade, não escolha um time que estará aposentado daqui a dois anos, mas também não precisa pegar um time de novatos, só promessa não ganha título.


2. Contusões

Eu sou fã do Gilbert Arenas. Como jogador, como blogueiro e dizem até que jogando HALO 3 ele é muito bom. Mas sinceramente eu não sei se escolheria ele para o meu time de fantasy, não. Imagine gastar uma primeira escolha com ele e aí ele se machuca de novo? Ele já perdeu uma temporada inteira com o joelho estourado e nunca se sabe o futuro, ele pode voltar perfeito como o Amaré ou ter uma contusão nova por temporada como o Grant Hill.

O que você pode fazer é aproveitar o medo de todo mundo e conseguir ele em uma escolha mais tardia. Imagina pegar o Arenas em uma terceira rodada, pode ser um risco que valha a pena.

Com jogadores que costumam se machucar, você tem que ter cuidado DEMAIS, não adianta nada ter o melhor time no papel, seu time só ganha os pontos que os jogadores fazem em quadra, de terno do lado da quadra ele não ajuda em nada.


3. Categorias

Às vezes confundimos o jogo de verdade com o jogo de fantasy, nos empolgamos e escolhemos o David Lee antes do Zach Randolph. Mas será que essa é uma boa escolha?

Não. Em uma liga de sete categorias como a nossa (pontos, rebotes, assistências, tocos, roubos, turnovers e bolas de 3), o único lugar em que o David Lee ajuda é nos rebotes, já o Randolph ajuda tanto ou mais em rebotes e muito mais nos pontos, com o lado ruim, na comparação entre os dois, sendo apenas os turnovers. Então às vezes vale a pena pegar aquele jogador que só afunda o time de verdade dele se ele fizer isso produzindo bons números, o jogo de fantasy é um jogo de números, não importa quem é mais bonito, mais feio, mais engraçado, melhor companheiro de time ou quem enterra mais bonito.

Mas se um dia você estiver em dúvida sobre draftar o Kobe ou T-Mac, o David West ou o Randolph, ou coisa assim, sempre opte pelo jogador de que você goste. Afinal isso não deixa de ser uma brincadeira e é sempre mais legal ter o seu ídolo no seu time.

As categorias, repetindo, são:
Pontos
Rebotes
Assistências
Roubos
Tocos
Turnovers (ganha quem faz menos)
Bolas de 3

Então analise bem o jogador que você vai escolher baseado nessas estatísticas, lembrando que nenhuma categoria vale mais que a outra, vence a disputa quem vencer mais categorias (a maior goleada possível é um 7 a 0 e o placar mais apertado um 4 a 3). Em caso de empate, 3 coisas podem ser feitas: ou vence o time "da casa" que será decidido na hora que fizermos o calendário, ou criamos uma categoria desempate (vale mais ter vencido em pontos, depois rebotes, etc.) ou deixamos marcado como empate mesmo e a tabela de classificação marca vitórias, derrotas e empates. Mas decidiremos isso por votação mais tarde.

4. Montando o time

Cada time será formado por cinco titulares, um de cada uma das cinco posições (PG, armador principal; SG, segundo armador; SF, ala pequeno, PF, ala de força; C, pivô), mais um sexto homem de qualquer posição, e mais 9 reservas que não terão seus pontos calculados nas semanas em que forem reservas.

Porém, você não precisa montar o time perfeitinho assim no draft, você pode draftar 10 pivôs e ir fazendo trocas para ter o time do jeito certo na data de começo da temporada.

5. Estilo de jogo

Seu time poderá ter um estilo de jogo. Claro, é força de expressão, você não vai botar os caras pra jogar, eles não vão obedecer um técnico brasileiro de fantasy, mas na escolha dos jogadores você decidirá a cara do seu time e isso pode ser essencial.

Você pode ter um foco mais defensivo, por exemplo. Nesse caso você escolhe no draft jogadores especialistas em rebotes, roubos e tocos, buscando ser o rei da liga nessas categorias. Ou você pode pegar os melhores arremessadores e tentar ser o melhor em assistências, bolas de 3 e pontos. Tudo tem seus riscos, você sempre terá mais facilidade contra um time e dificuldade contra outro. Mas digo desde já que uma das coisas mais arriscadas é tentar fazer um time equilibrado. Você tem um cara que arremessa, um que dá assistência, um que pega rebotes, e no fim você fica com um pouquinho de tudo e perde.

É difícil, mas o ideal é buscar um equílibrio ao mesmo tempo em que se tem especialistas em cada uma das categorias.

6. Salários

O teto salarial da próxima temporada ainda não foi definido pela NBA, então não definimos o nosso também. Isso atrapalha um pouco o draft mas nem tanto assim. O teto salarial da nossa liga para o ano que vem deve ser um pouco mais que 62 milhões de dólares.

Assim como acontece com as posições, você não precisa estar desde o dia do draft dentro do teto salarial, você pode ultrapassá-lo em 20 milhões se quiser, desde que no dia em que começar a liga você esteja de novo abaixo do limite, fazendo trocas ou dispensas até lá.

Então, o salário não deve guiar o seu draft completamente mas é bom não esquecer ele totalmente, também. Lembrando que os salários podem ser vistos no site do HoopsHype.

As posições em que os jogadores estão listados podem ser vistas no site do RealGM . Utilizaremos as posições que os jogadores são listados aqui.


Ordem do draft:

Fiz um sorteio comigo mesmo e essa será a ordem de escolha do draft. O segundo round terá a ordem oposta e assim até o 13º round.

1. Floripa Waves
2. Cambuquira Pure Water
3. Pará Parapapão
4. Curitiba Green Glass
5. SP HorseRide
6. Goiânia Horizon Horse
7. DeepStep Ballers
8. Bauru Without Tomato is Mixed
9. Rio de Janeiro DrugDealers
10. JPA KissFlowers
11. Brasilia Twisted Trees
12. Campos Oilers
13. Recife Gold Lions
14. São Bernardo Furnitures
15. Natal Suncity
16. Porto Alegre Ornitorrincos
17. SP Crazy
18. Interlagos Racecars
19. Vila Real Junkheads
20. Uberaba ZeBulls
21. Santo André Balboas
22. San Diego Spikes
23. São Paulo TrafficJam
24. Campos Lighthalzen


O draft começará no sábado 17 de maio. Até lá, vocês podem postar todas suas dúvidas sobre o draft aqui nesses comentários, depois farei um post só com respostas, igual ao "Both Teams Played Hard" do blog.

7 comentários:

Guilherme disse...

Porra sabia que ia pegar uma das últimas posições

Belo post por sinal!x

Guilherme²³ disse...

opaaaa
que blz, 2nd place hahahaha
aqui, tenho uma duvida

com o tempo os salarios aumentam certo?
então isso quer dizer que se por ex esse ano meu time paga 62 milhoes e o limite é 63 milhoes e no ano que vem meu time for pagar 64 milhoes eu tenho que fazer dispensas ou trocas??

[]s

artur14 disse...

ficasse em 2o guilherme? ;)
escolhe quem tu quiser ae, lebron eh meu =x
HHAHAHAAHAHAHA

Guilherme²³ disse...

hahaha
posso ficar com o kobe?
to pensando ainda, kobe ou CP3? D-12 seria um boa escolha tbem...

alguem tem sugestao???


[]s

Guilherme disse...

Eu apostaria no Curry na segunda escolha do draft...mas o Kwane Brown no Grizzlies pode ser uma boa pedida :p

Renan Ronchi disse...

Eu tenho uma dúvida: Fiquei entre as últimas escolhas só porque eu falei mal do Yao Ming?

Guilherme disse...

Tenho uma dúvida meio complicada de ser explicada...é com relação aos salários.

Bom, como base serão tomados os dados do HoopsHype certo? Ok.

Como eu estou fazendo uma lista com os jogadores que tenho interesse em draftar, eu pretendo colocar o salário de cada jogador e a duração do contrato. O problema é que eu tenho algumas dúvidas. Vou usar o caso do Miami Heat como exemplo.

Nesse endereço ( http://hoopshype.com/salaries/miami.htm ) temos a projeção dos salários da equipe para os próximos anos. Eu queria saber o que significam os salários de cor azul, verde e vermelha.

Eu imagino que verde é que o jogador vai se tornar FA unrestricted, vermelho é para FA restricted mas o azul eu não tenho muita certeza.

Se vcs puderem me ajudar serei eternamente grato.

Abs